Venda nos Marketplaces

Os marketplaces são um dos maiores sucessos do e-commerce dos últimos tempos: são verdadeiros shoppings online reunindo uma série de lojas por trás de uma grande marca. Nomes como Extra, Casas Bahia e Submarino são apenas algumas das várias opções disponíveis para a sua loja virtual.

Mas como saber se essa é a melhor escolha para a sua operação? Nós escolhemos 6 sinais que indicam se a sua loja está pronta para entrar nos marketplaces.

– Seu ROI é muito baixo.

Se a sua loja já e marca estão consolidadas, mas mesmo assim seus investimentos em divulgação não estão tendo o retorno esperado, os markeplaces podem aumentar sua visibilidade (e suas vendas), sem gerar gastos adicionais: todos os gastos em marketing estão inclusos no seu contrato.

– Sua capacidade de vendas é maior que a sua loja online comporta atualmente.

Se sua loja possui um bom volume de vendas, mas que iria requerer grandes investimentos em recursos como divulgação e reformulação da loja para crescer seu movimento, entrar nos marketplaces pode ser um passo a ser dado antes de crescer sua própria operação, agregando um novo modelo de negociação sem prejudicar o fluxo da sua própria loja.

Seis Sinais Que Sua Loja Virtual Deve Vender nos Marketplaces– Você poderia aproveitar melhor as datas importantes do e-commerce, como a Black Friday.

Com a grande competição, não são todos que conseguem um bom desempenho nas maiores do e-commerce brasileiro, como o Dia do Consumidor, em março. Os marketplaces possuem uma estrutura robusta e especializada que permite te incluir no centro desse enorme volume de vendas, onde seu foco será apenas na sua operação interna.

– Seu negócio alcançou a maturidade do seu negócio.

O marketplace oferece um ambiente onde o usuário encontra uma variedade de produtos e um processo de compra fácil e sem problemas. Para o lojista, fatores como CNPJ e e-CNPJ em situação regular e habilitação no CNAE são exigências fundamentais, além de obedecer uma série de fluxos e práticas que apenas negócios maduros fornecem e se beneficiam deles.

– Quando você tem uma estratégia de preços mais agressiva.

No meio de tanta concorrência oferecida pelos marketplaces, um dos principais diferenciais dos é o preço: se você já possui (ou tem interesse) num bom monitoramento de preços e sua alteração em momentos estratégicos para garantir um maior lucro, o seu sucesso é praticamente garantido dentro do marketplace.

– Seu negócio faz parte de um nicho definido.

Apesar de boa parte dos marketplaces trabalhar com uma grande variedade de produtos, exceto alguns específicos como armas de fogo e eróticos, os maiores possuem focos e nichos de maior força, como as Casas Bahia (móveis), o Submarino (eletrônicos), a Netshoes e a Dafiti (moda), dessa forma o lojista irá encontrar um enorme público segmentado para anunciar.

VENHA PARA A SOFTVAR!

Written by Renato Binotto