Com a calma do início do ano, agora é a hora de rever os erros de venda em 2017 que podem custar caro para sua loja em 2018. É preciso avaliar quais pontos do seu e-commerce precisam ser reavaliados e melhorados.

Mas que pontos verificar para poder entrar em 2018 preparado para quando as novas vendas começarem?

– Meu site atende as necessidades dos meus clientes?

Veja seu site como um dos seus clientes, busque produtos e veja se consegue encontrá-los com facilidade. Faça perguntas como: seu cliente encontra todas as informações que precisa? A interface do site não o deixa confuso em algum momento? Ele consegue fazer o check-out sem problemas ou erros de venda adicionais?

A partir das suas conclusões, avalie se não é hora de realizar mudanças na sua plataforma ou reavaliar o ciclo de compras do seu cliente. Pode ser necessário contratar novas ferramentas para agilizar o processo de compra. Reveja seu catálogo de produtos, tal como as informações neles.

– Meus recursos internos são compatíveis com as minhas necessidades?

Ainda na experiência de cliente, veja se o fluxo de compras não possui erros internos. O site muito lento, ferramentas como atendentes virtuais e SAC não atendendo a demanda são exemplos. Pontos como processamento de pagamento e facilitadores de cadastro podem ter impacto nas suas vendas.

A partir do que obter, reavalie seus fornecedores tecnológicos e busque opções que se enquadrem com sua realidade. Recorra aos seus fornecedores principais (plataforma e ERP) para recomendações. Eles conhecem boas soluções já integradas à eles que não incorrerão em novos erros de vendas.

– Meus fornecedores estão correspondendo às minhas expectativas?

Após ver os recursos que impactam em suas informações, reveja os recursos que afetam a conclusão dos pedidos. Seus fornecedores de produtos conseguem cumprir bem seus prazos durante o ano? Seus fornecedores logísticos conseguiram entregar produtos com qualidade e rapidez? Ambos fizeram seus processos com transparência e eficiência?

Nesse ponto, leve em conta também as reclamações dos seus consumidores quanto á esses pontos. Dê preferência aos que saírem melhor e reavalie diretamente manter os demais. Caso não forneçam uma boa justificativa ou retificação, é melhor trocar.

– Meus clientes não estão somente chegando, mas também ficando na minha loja?

Nem todos os erros de venda são problemas técnicos. A maneira como você tem lidado com sua operação pode custar caro para sua loja no final mais do que qualquer erro em seu site. Por exemplo, uma palavra que teve força em 2017, e vai perdurar por um bom tempo em 2018, é fidelização. Com a concorrência ficando cada vez mais acirrada, apenas obter clientes pode ser uma estratégia que não compensa o retorno. A fidelização é um meio barato e eficiente de garantir compras durante o ano inteiro.

Se você ainda não tem uma estratégia, comece com uma base de e-mail. Faça promoções em redes sociais para seus seguidores e forneça condições especiais. Reserve descontos em preços ou frete para seus compradores mais fiéis. Você verá que comparado à investir à mais em meios de divulgação, a fidelização possui um retorno muito melhor.

– Será que eu poderia aumentar a minha margem de lucro com algumas alterações?

Com o andamento do ano, não temos muito tempo para observar certos comportamentos dos clientes, mas o ERP armazena tudo e pode te dizer algumas informações valiosas sobre erros de venda. Com ele você avalia que produtos tiveram maior saída e em que momentos, quais produtos poderiam ser vendidos juntos, sugestões diretas com chance de vendas para seus clientes e, principalmente, quais são os carros chefes do seu e-commerce.

Leia tambémE-commerce e a formação de preços e descontos

Pesquisas comprovaram que, apesar do clima de crise, o preço não é um obstáculo que impeça compras em e-commerce, desde que o consumidor veja vantagem na sua aquisição. Isso permite ajustar preços de alguns produtos, enquanto reduz o valor de outros, garantindo assim mais vendas dos dois lados.

São passos simples que precisam apenas da sua dedicação por alguns dias para garantir um ano inteiro de vendas para o seu e-commerce!

Written by Renato Binotto