O ano de 2016 serviu para deixar o varejo inseguro com 2017: o clima de crise e instabilidade ainda vai persistir por um tempo e vai exigir preparo dos lojistas para não terminar o ano no prejuízo.

Se você já tem um ERP na sua loja virtual, já tem uma vantagem que boa parte do mercado na hora de conseguir informações importantes sobre a sua operação em diversos formatos. Agora basta você aproveitar esse momento para se preparar para 2017.

Com um sistema de gestão integrando sua loja, você obtém vários dados precisos sobre o funcionamento do seu negócio durante diversos períodos nos anos anteriores, permitindo que a sua estratégia seja ainda mais alinhada e possa retornar resultados ainda mais rapidamente.

Não pense no ERP apenas como uma ferramenta de integração de vários módulos, mas como um gestor que permite cruzar dados de diferentes áreas para um único fim: o crescimento do seu negócio.

1 – Use seus relatórios para ver suas melhores vendas e clientes.

A turbulência durante 2016 permitiu que fatores como fidelidade do consumidor e promoções sazonais fossem muito importantes para algumas lojas garantirem seu faturamento.

Na prática, contudo, apenas uma análise da sua loja virtual durante o ano  envolvendo e combinando os vários setores da sua loja, podem dizer quais momentos e situações podem requerer mais atenção e uma estratégia mais desenvolvida.

Por exemplo, relatórios de vendas e logística podem mostrar quais produtos mais circularam na sua loja e em quais períodos. Dessa forma, você pode, entre outras estratégias, investir em produtos de alto volume de venda naquele período e desafogar seu estoque durante o ano.

Outra estratégia lucrativa é saber quem são os seus melhores clientes, para veicular promoções específicas que não compensariam em grande escala. Além disso, saber mais ainda sobre quem frequenta sua loja e o que procura apenas acrescenta na sua estratégia.

2 – Invista algum tempo com treinamento para seus funcionários.

Numa empresa menor, o controle de treinamento com funcionários é mais fácil, mas há um fator que todo gestor esquece: será que seus funcionários sabem utilizar todo o potencial da sua ferramenta? Imaginou pagar por algo que você não aproveita, muitas vezes, nem 50%?

Você ficaria surpreso com a quantidade de recursos e procedimentos que um ERP pode realizar que não são aproveitados por boa parte dos seus usuários por falta de informação. São recursos que podem poupar, algumas vezes, milhares de reais durante todo o ano!

Por exemplo, a própria SOFTVAR possui um recurso em seu ERP que permite no módulo de produtos que você faça um ajuste massivo de preços. Você pode colocar sua loja inteira em promoção e voltar ao preço normal em apenas alguns passos simples ao invés de dedicar várias pessoas e várias horas no procedimento.

3 – Reveja todas as movimentações na sua loja.

A sua loja virtual é um grande fluxo de recursos: os produtos vem do seu fornecedor para o seu estoque e dele para a sua logística. Os dados dos produtos circulam na plataforma e são alterados periodicamente. O dinheiro circula pelo seu financeiro, vindo dos seus clientes e indo para o funcionamento da sua operação.

Mas você já parou paComo Mudar Negócio ERP 2017ra pensar nos problemas que esses fluxos estão tendo para chegar em seus lugares?

Isso é mais comum do que você pensa: um problema pequeno, como um fornecedor logístico ineficiente ou alguma nota que não é emitida, que dificilmente causa alguma dor de cabeça, pode impedir sua empresa de crescer ou pior, se tornar algo muito maior e, geralmente, no pior momento possível.

A análise da sua loja por meio dos relatórios do ERP permitem uma escala muito mais criteriosa, observando fluxos, identificando padrões e propondo soluções. Desde a eliminação de um parceiro logístico ineficiente como a adoção de um recurso extra de pagamentos, as possibilidades são enormes para a sua operação.

4 – Faça uma revisão dos seus fornecedores e provedores logísticos.

Falando em parceiros logísticos, você pode querer prestar um pouco mais de atenção neles e também em seus fornecedores. Fatores como prazos para entrega, histórico de problemas, benefícios adicionais e valores cobrados devem ser revistos com alguma frequência.

Com base na análise feita em seu ERP, você pode verificar os pontos cruciais e avaliar cada um de seus provedores. São pontos que permitem uma melhoria imediata na eficiência da sua loja e garantir que você não ficará na mão ao lidar com grandes volumes de pedidos.

Mas como seu ERP pode ajudar? Além dos relatórios que podem ser produzidos com muito menos trabalho, há recursos que permitem um monitoramento constante, como a comparação de preços na compra com os fornecedores que a SOFTVAR oferece, permitindo analisar a melhor oferta para o seu negócio.

Com essas dicas, você estará pronto para fechar 2017 com muitas vendas!

VENHA PARA A SOFTVAR!

Written by Renato Binotto